Haddad defende integração latino-americana para região ser competitiva

Em debate com lideranças da América Latina, ministro da Fazenda, Fernando Haddad, defendeu a integração dos mercados do continente para desenvolver os países da região.

Para o ministro da Fazenda, a integração latino-americana é importante para atrair investimentos externos e tornar a região mais competitiva no mundo.

Ainda segundo Haddad, essa integração deve ser feita por meio da infraestrutura, de acordos comerciais e pelo fortalecimento do Mercosul.

O ministro da Fazenda também citou a produção de energia limpa, como a hidrelétrica, a eólica e a solar, como uma vantagem da América Latina em relação ao mundo. Para Haddad, como não é possível transportar essa energia da mesma forma que o petróleo, deve-se atrair empresas para a nossa região.

O ministro da Fazenda participou de um painel no Fórum Econômico Mundial, nesta quarta-feira, com os presidentes da Colômbia, Gustavo Petro, do Equador, Guillermo Lasso, da Costa Rica, Rodrigo Chaves, e com a vice-presidente da República Dominicana, Raquel Peña.

Fonte: Agência Nacional

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.