Lula toma posse e prioriza tirar 100 milhões de brasileiros da pobreza

Durante seu discurso de posse, neste domingo, no Congresso Nacional, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que os direitos e os interesses da população, o fortalecimento da democracia e a retomada da soberania nacional serão os pilares do seu novo governo. 

O presidente afirmou que vai trabalhar por um programa Bolsa Família renovado, mais forte e mais justo. Lula anunciou que as primeiras ações de seu governo vão precisar resgatar da fome 33 milhões de pessoas, e tirar da pobreza mais de 100 milhões de brasileiras e brasileiros, que, de acordo com o presidente, “suportaram a mais dura carga do projeto de destruição nacional que hoje se encerra”.

Lula lembrou da sua primeira posse, em 1º de janeiro de 2003, quando se comprometeu com a soberania alimentar da população. Lula também afirmou que, “ter de repetir este compromisso no dia de hoje, diante do avanço da miséria e do regresso da fome que tínhamos superado, é o mais grave sintoma da devastação que se impôs ao país nos anos recentes”.

Segundo Lula, o diagnóstico feito pela equipe de transição de governo, será amplamente divulgado, para que, apontou o presidente, “as pessoas saibam como é que encontramos o país e cada um faça sua avaliação. É sobre estas terríveis ruínas que assumo o compromisso de, junto com o povo brasileiro, reconstruir o país e fazer novamente um Brasil de todos e para todos”.

Com informações da Agência Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.