Após entrar na justiça contra empresa, Leonardo fatura R$ 500 mil em processo; cantor alegou uso indevido de sua imagem

O sertanejo recorreu à justiça após ter sua imagem e sua voz usadas indevidamente em campanhas publicitárias

O cantor Leonardo e sua empresa, Talismã Administradora de Shows e Editora Musical, se deram bem após entrar com uma ação judicial contra um empreendimento imobiliário, após ter sua imagem e sua voz usadas indevidamente em uma campanha publicitária.

Acontece que, em 2017, o cantor cedeu o uso de sua imagem e voz para estrelar as campanhas publicitárias de uma empresa de Resort. No entanto, em 2019, o contrato foi encerrado e, mesmo assim, a empresa continuou usando a imagem do sertanejo em suas campanhas.

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do “Em Off”,  Leonardo chegou a pedir o pagamento dos lucros cessantes, já que teriam deixado de lucrar com as publicidades, mas a incorporadora não o fez. Sendo assim, o sertanejo processou a empresa.

Ainda segundo a colunista, a empresa perdeu a ação e agora terá que pagar cerca de $ 500 mil de multa para Leonardo. O cantor ainda chegou a pedir uma indenização por danos morais, mas foi rejeitada pela Justiça.

Fonte: Bolavip Brasil