Primeira parcela do 13º começa a ser paga nesta terça-feira (25)

A partir desta terça-feira, mais de 31 milhões de aposentados e pensionistas passam a receber a primeira parcela de adiantamento do 13º. Essa possibilidade geralmente ocorre no mês de julho; mas, devido à pandemia de coronavírus, vai ser antecipada, assim como em 2020.

O economista e membro do Conselho Federal de Economia, Paulo Costa, explica que a medida é importante para aquecer a economia e o consumo no comércio. No entanto, ele alerta que isso tira a possibilidade de quem pretende investir em compras e comemorações, no fim do ano.

Além disso, o economista sugere três formas de utilizar o adiantamento do 13º. Uma delas, é aplicar na poupança, para quem não tem intenção de utilizar ainda. Outra forma é investir em bens duráveis importantes ou viagens com carga cultural. A utilização mais imediata, segundo Paulo Costa, é o pagamento imediato de dívidas, caso o beneficiário esteja endividado.

A primeira parcela do adiantamento do 13º deve ser depositada até o dia 8 de junho. Isso vale para quem recebe até um aposentados salário mínimo e leva em conta o número final do benefício, sem contar o dígito verificador. Neste caso, a 2ª parcela será paga entre 24 de junho e 7 de julho.

Quem recebe mais de um salário vai ter o valor depositado, entre o primeiro e o oitavo dia de junho. Com isso, mais de R$ 50 bilhões serão injetados na economia. A segunda parcela passa a ser paga entre junho e julho, a depender do salário.

Fonte: Rádio Agência Nacional
Edição: Paula de Castro/Edgard Matsuki